BBC LONDRES REALIZA DOCUMENTÁRIO COM PARTICIPAÇÃO KORFEBOL BRASILEIRO

Estaremos disponibilizando o documentário da BBC de Londres com a participação do Korfebol Brasileiro, importante dizer que o Korfebol Brasileiro nada tem haver com o Korfball/Corfebol praticado no resto do mundo, inclusive esperamos que o Presidente da entidade que representa o esporte no mundo, não venha declarar que a matéria foi realizada por eles ou por outros brasileiros. O responsável por essa mátéria foi o Professor Marcelo Soares, mais conhecido como “Marcelo Korfebol” que de 1998 a 2012 esteve ligado diretamente a entidade internacional que dirige e representa o Esporte. Em 2013 foi fundada a ABRAKO – Associação de Korfebol Brasileiro, totalmente independente e sem vínculo com nenhum país praticante do Corfebol/Korfball competitivo. Aqui no Brasil realizamos um trabalho diferenciado, muito mais cooperativo e sem a formação de “atletas” nem realização de campeonatos, não temos aspirações Olímpicas e nem queremos ter, o trabalho desenvolvido por aqui é para todos e o mais cooperativo possível para que haja a inclusão através do Korfebol Brasileiro.
Agradecimento especial a Professora Sheila Duarte Bandeira, representante Abrako, aos alunos do Instituto Geremário Dantas no Rio de Janeiro, pelo carinho, dedicação e amor ao Korfebol com K brasileiro.
Desafio das 100 Mulheres BBC (BBC 100 Women Challenge 2017) – No Rio de Janeiro, as nove representantes do Brasil, que integram a lista da BBC de mulheres inspiradoras em todo mundo, reuniram-se para apresentar propostas para minimizar o sexismo no esporte, além de assistir a uma partida de futebol misto entre meninos e meninas e a apresentação de um rap, cuja letra traduz a questão do sexismo.

Saiba quem são as mulheres do Brasil indicadas na lista:

Adriana Behar – ex-jogadora de vôlei de praia e medalhista olímpica;
Ana Luiza Santos de Andrade- estudante de 12 anos, que defende igualdade para meninos e meninas no futebol;

Beatriz Vaz e Silva- jogadora de futebol, que fez parte da seleção brasileira de futebol por quatro anos;
Claudianny Drika- treinadora de futebol, que trabalha com jovens de uma comunidade carente no Rio;
Fernanda Nunes – remadora olímpica e blogueira;
Luiza Travassos- estudante de 13 anos, que conta seu dia a dia como jogadora feminina de futebol
nas redes sociais;
Maira Liguori- diretora da ONG Think Olga, dedicada a capacitar as mulheres compartilhando informações;
MC Soffia- jovem rapper de 13 anos, que tem cantado sobre o empoderamento das garotas negras desde os seis anos de idade;
Nora Ronai -nadadora e atleta de 93 anos, vencedora de seis medalhas de ouro de natação no Masters World Championships em Montreal, Canadá (2014).

Este vídeo é um trecho do documentário exibido na BBC de Londres.

#bbc100women

Anúncios

A Importância da Educação Física Escolar na formação do aluno

Participei da gravação da matéria realizada para o programa de Bem com a vida Rede bandeirantes, com o colega de Profissão Professor Rogério Dias, no Colégio Sagrado Coração de Maria Copacabana – Rio de Janeiro

Famoso na web por gols de falta de calcanhar desafia Juninho no Maraca

Francisco Gomes Rodrigues se especializou em balançar as redes desta forma. Até outubro, o cearense conhecido como Neno já tinha anotado cinco gols na sua lista

Por GloboEsporte.comRio de Janeiro, RJ

Neno e Juninho Pernambucano, EE (Foto: Gustavo Serra / Esporte Espetacular)Neno conhece Juninho e arrisca bater faltas de calcanhar no Maraca (Foto: Gustavo Serra / Esporte Espetacular)

Neno é um homem humilde. Em 42 anos de vida, nunca tinha andado de avião, elevador ou escada rolante. Há 20 anos, seu voo mais alto foi se dedicar a cuidar da escolinha de futebol da região. Pelas suas mãos calejadas de tanto pegar na enxada, fazer carvão e construir casas já passaram mais de dois mil meninos.

– É o que eu posso fazer pela minha comunidade. Isso aqui é aula de vida, o que eu passo pra eles aqui é minha dedicação, é grande – afirma Neno.

Neno é um professor amado pelos alunos. Porém, extremamente rigoroso. E foi deste rigor que surgiu o gol de calcanhar.

– Eles começaram a bater falta, iam errando, errando… Aí, eu disse assim: “eu vou ensinar a vocês como se bate uma falta”, mas eu me preparei com medo, mas quando eu bati deu certo – relembra o professor.

Neno Calcanhar, Esporte Espetacular (Foto: Gustavo Serra / Esporte Espetacular)Neno ficou famoso nas redes sociais por marcar gols de falta de calcanhar (Foto: Gustavo Serra / Esporte Espetacular)

O professor se tornou um especialista em cobranças de falta de calcanhar. O vídeo do gol virou fenômeno na internet batendo a marca de 13 milhões de visualizações, construindo o caminho de Neno até o Maracanã. No estádio, ele era o astro. Passeou pelos vestiários, viu de perto a camisa de Messi e ensinou Juninho Pernambucano a cobrar faltas de calcanhar.

– A técnica tem que ser a concentração primeiro. Quando eu saía um pouquinho, era como se eu tivesse certeza que não ia sair o chute. Impressionante como é da cabeça que você sabe fazer. Se concentrar só na batida da bola e não ficar muito distante, não botar o pé muito distante, dar uma olhadinha para o goleiro ali e chute – ensina.

A lição que fica é que com um pouquinho de imaginação, é possível dar um chute de calcanhar num campinho esburacado em São Gonçalo do Amarante e comemorar o gol na grama sagrada do Maracanã.

– Representar eles aqui é muito satisfatório, eles não estão aqui, mas só de eu estar aqui, aquela meninada vai ficar feliz demais. Porque eles sabem o que eu passei. Hoje, eu tô aqui no Maracanã. Isso para mim é demais – se emociona Neno.

Tite – Técnico do Corinthians – Valoriza Professor Educação Física

Passei a gostar mais do Técnico Tite simplesmente por essa declaração, O mundo do futebol deveria mudar e ele simplesmente falou o que eu penso com relação ao futebol x Educação Física

assistam o vídeo abaixo