BBC LONDRES REALIZA DOCUMENTÁRIO COM PARTICIPAÇÃO KORFEBOL BRASILEIRO

Estaremos disponibilizando o documentário da BBC de Londres com a participação do Korfebol Brasileiro, importante dizer que o Korfebol Brasileiro nada tem haver com o Korfball/Corfebol praticado no resto do mundo, inclusive esperamos que o Presidente da entidade que representa o esporte no mundo, não venha declarar que a matéria foi realizada por eles ou por outros brasileiros. O responsável por essa mátéria foi o Professor Marcelo Soares, mais conhecido como “Marcelo Korfebol” que de 1998 a 2012 esteve ligado diretamente a entidade internacional que dirige e representa o Esporte. Em 2013 foi fundada a ABRAKO – Associação de Korfebol Brasileiro, totalmente independente e sem vínculo com nenhum país praticante do Corfebol/Korfball competitivo. Aqui no Brasil realizamos um trabalho diferenciado, muito mais cooperativo e sem a formação de “atletas” nem realização de campeonatos, não temos aspirações Olímpicas e nem queremos ter, o trabalho desenvolvido por aqui é para todos e o mais cooperativo possível para que haja a inclusão através do Korfebol Brasileiro.
Agradecimento especial a Professora Sheila Duarte Bandeira, representante Abrako, aos alunos do Instituto Geremário Dantas no Rio de Janeiro, pelo carinho, dedicação e amor ao Korfebol com K brasileiro.
Desafio das 100 Mulheres BBC (BBC 100 Women Challenge 2017) – No Rio de Janeiro, as nove representantes do Brasil, que integram a lista da BBC de mulheres inspiradoras em todo mundo, reuniram-se para apresentar propostas para minimizar o sexismo no esporte, além de assistir a uma partida de futebol misto entre meninos e meninas e a apresentação de um rap, cuja letra traduz a questão do sexismo.

Saiba quem são as mulheres do Brasil indicadas na lista:

Adriana Behar – ex-jogadora de vôlei de praia e medalhista olímpica;
Ana Luiza Santos de Andrade- estudante de 12 anos, que defende igualdade para meninos e meninas no futebol;

Beatriz Vaz e Silva- jogadora de futebol, que fez parte da seleção brasileira de futebol por quatro anos;
Claudianny Drika- treinadora de futebol, que trabalha com jovens de uma comunidade carente no Rio;
Fernanda Nunes – remadora olímpica e blogueira;
Luiza Travassos- estudante de 13 anos, que conta seu dia a dia como jogadora feminina de futebol
nas redes sociais;
Maira Liguori- diretora da ONG Think Olga, dedicada a capacitar as mulheres compartilhando informações;
MC Soffia- jovem rapper de 13 anos, que tem cantado sobre o empoderamento das garotas negras desde os seis anos de idade;
Nora Ronai -nadadora e atleta de 93 anos, vencedora de seis medalhas de ouro de natação no Masters World Championships em Montreal, Canadá (2014).

Este vídeo é um trecho do documentário exibido na BBC de Londres.

#bbc100women

Anúncios

Korfebol Brasileiro é tema de trabalho acadêmico sobre Sociologia da Educação – Universidade Uniabeu – Belfort Roxo – RJ

KORFEBOL BRASIL

 

Nessa trajetória , são tantas pessoas que contribuíram para meu sucesso, que seria impossível colocar o nome de todos por aqui.
Senti-me muito especial com tão bela homenagem em que recebi pelos alunos na disciplina Sociologia da Educação. Orgulho, alegria, emoção, misto de tantos sentimentos bons, que até a presente data, parece que comecei ontem ” 11/11/ 1998″ na comunidade Fernão Cardin com uma bola de vôlei e duas cestas de basquete, e fazendo o jogo de forma adaptada. Em 3 meses de prática observamos que gradativamente a integração entre os gêneros se construía.
24131386_10213587378971654_2965255761769608890_n
24176899_10213587378691647_2667290177354910668_n
“Quanta alegria em saber que meu trabalho é valorizado por pessoas que nem me conhecem pessoalmente, e que de alguma forma meu trabalho contribui para educação física escolar.  Isso é gratificante! ”

Confesso que tenho muita paixão pela minha profissão, e por ensinar o Korfebol Brasileiro, com regras novas e adaptadas para que todos tenham acesso, transformando o jogo competitivo em um jogo cooperativo, socializador, onde cadeirantes, autistas, terceira idade, famílias, criancas, jovens e adultos podem vivenciar a dinâmica em igualdade de condições.

Tenho buscado,porém, em quadra de aula, atender o maior número possível de pessoas, sempre na perspectiva da cooperação, adaptando a atividade ao grupo que está sendo trabalhado.

Nesses 17 anos de ensinamentos e aprendizados  conhecí muitas pessoas, Inclusive ídolos de diversos  esportes brasileiro, que me deram o prazer de jogar Korfebol Brasileiro, como o Ricardo Prado, recordista mundial das piscinas e atleta olimpico, o Mestre João Batista Freire que realizou o Korfebol na caravana do Esporte, entre outros que me ajudaram e ajudam até hoje. Os mesmos tornaram-se meus grandes amigos, pessoas de extrema importância na minha vida  profissional. O Korfebol tem esse poder envolvente, que nos atrai para um mundo de debates, diálogos, troca de experiências.

Importante é o fato de que a humildade deve prevalecer diante dessa homenagem, isto porque não sou a único protagonista nessa história de Korfebol Brasileiro.

Obrigado alunos da Uniabeu e amigos de Facebook que curtem e compartilham a página do Korfebol Brasileiro , matérias na TV, vídeos, cursos e palestras, por confiarem em nosso trabalho.

Obrigado a todos, de coração!

Gratidão a vocês amigos de fé e apaixonados pelo jogo Korfebol Brasileiro.

“TEM QUE QUERER”

FB_IMG_1511531188829
Alunos da Universidade Uniabeu – Belford Roxo – Rio de Janeiro

KORFEBOL BRASILEIRO COMPLETA 17 ANOS NO DIA 22/10/2017

KORFEBOL BRASIL

A Associação Brasileira de Korfebol Brasileiro – ABRAKO, através de sua Diretoria e da sua Comissão de Eventos, tem o enorme prazer de agradecer a todos que ao longo desses 17 anos de KORFEBOL NO BRASIL,  que diretamente e indiretamente contribuiram para a realização e o sucesso do trabalho realizado pelo seu idelizador o Professor Marcelo Soares, mais conhecido como “MARCELO KORFEBOL”.

A comemoração dos 17 anos de korfebol brasileiro foi realizada no Congresso de Educação Física Escolar – ENEFE – PEDRO II – CAMP. REALENGO 2 – Rio de Janeiro com o tema: Oficina de Esportes Alternativos Korfebol Brasileiro

No mesmo dia  lembramos e homenageamos alguns profissionaisca de Educação Física como o mestre João Batista Freire que com dedicação e competência se monstraram “Amigos e colaboradores do KORFEBOL BRASILEIRO.

 

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

Também aqui, aproveitando o espaço, prestamos os nossos agradecimentos aos colaboradores do evento: ENEFE PEDRO II, a todos as pessoas que se inscreveram na oficina prática do korfebol e em especial a professora Gláucia Leão por sua contribuição na Palestra sobre o Korfebol com o tema : A importância do Brincar na Educação Infantil.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e pessoas sentadas

Participei ontem do IV Encontro de Educação Física Escolar do Colégio Pedro II, Oficina Jogos Alternativos Escolares_ Koferbol Brasileiro. O Koferbol ,jogo dos gêneros, é uma atividade colaborativa que traz a possibilidade de participação de todos ,independente de sexo, altura, peso,sem competição , sendo assim, inclusiva. Pude jogar e me encantei com a atividade, com a parceria e o afeto que vão sendo construídos em quadra . Na oportunidade, falei sobre a importância do brincar, da formação integral e de atividades integradas e sobre o trabalho que desenvolvemos na UMEI Professora Nina Rita Torres, em Niterói.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas

 

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas

Instituto Geremário Dantas recebe o Korfebol Brasileiro

O Korfebol Brasileiro esteve realizando torneio de Korfebol para 12 equipes no Instituto Geremário Dantas no bairro Campinho – Rio de Janeiro. Através da Professora Sheila Duarte Bandeira que foi colega de turma do Prof. Marcelo Korfebol há 20 anos atrás.

 

Muita emoção envolvida nas partidas de KORFEBOL BRASILEIRO., agradecimento especial a todos os alunos envolvidos e a Professora Sheila Duarte Bandeira

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O Brasil de Luto – Blog Esportes Alternativos Homenageia as famílias e a todos do Voo da Chapecoense

O Esporte nos proporciona momentos como esse, um momento de reflexão, de ver que a vida é menos de um segundo. Homenagens pelo mundo inteiro aos atletas, jornalistas, e pessoas que acompanhavam a delegação da Chapecoense.

The Brazilian Korfebol stands in solidarity with the families that lost their loved ones, players, parents, children and grandchildren in the tragic accident of the Chapecoense CLube airplane. Brazil is in mourning, Brazil mourns the loss of young people who worked hard. The Chapecoense Club was on the rise in Brazilian soccer and now South American, very sad what happened. The Brazilian Korfebol is in mourning. We add the visits of all the foreigners who visit our page and the manifestations of affection and solidarity from all over the world.

Marcelo Korfebol

TORNEIO DE KORFEBOL BRASILEIRO – INSTITUTO GEREMÁRIO DANTAS

photo

Dia 28 de novembro Segunda Feira o Korfebol Brasileiro, através de seu principal divulgador o Professor Marcelo Soares, mais conhecido como Marcelo Korfebol estará realizando torneio de Korfebol, cerca de 12 equipes irão participar do evento. Confiram as fotos. Agradecimento especial a professora Sheila Duarte Bandeira.

15181460_1255008671241183_6426911854888421788_n-vert

 

Blog do Korfebol Brasileiro chega a 100.ooo visitantes – Confiram

12011183_1501937470127537_4582299042256424583_n

Ola amigos da fã page do Korfebol Brasileiro quero deixar registrado aqui meus agradecimentos a todos que visitam o nosso Blog.

http://www.korfeblog.blogspot.com

E dizer que, para mim é uma satisfação poder contribuir para Educação Física Escolar e também para o Korfebol Brasileiro, criando novas formas de jogar, não temos a competição como principal objetivo, nem queremos formar “atletas”.

Sabemos que não devemos agradar a todos mas temos plena convicção que estamos no caminho certo, caso contrário não chegaríamos a essa expressiva marca de 100.000 visitantes, o que muito nos motiva a continuar nessa missão.

Um forte abraço a todos,  visitem sempre que possível a nossa página no Facebook, nossa conta no Google+ e sigam nos.

Quem compartilha os nossos posts esta também nos ajudando a divulgar o Korfebol Brasileiro.

Tem que querer

Marcelo Soares

blog-do-korfebol